A procura por cursos online crescem durante a pandemia causada pelo o COVID19. Em algumas pesquisas realizadas nos últimos anos, a tendência da busca pela metodologias online à distância podem aumentar exponencialmente nos próximos cinco anos.

As pessoas estão mudando de opinião quando pensam sobre os EAD, alguns anos atrás acreditavam que fazer algum tecnólogo ou graduação à distância não garantia um emprego no mercado. Mas com com os anos a procura pela oferta aumentou bastante, quando se fala é otimizar o tempo para poder fazer outras atividades do cotidiano.

Além dos cursos tradicionais já conhecidos, surgem também outros modalidades voltadas para áreas específicas. Com esta possibilidade de escolha para quem pretende reciclar ou acrescentar novos conhecimentos no currículo. Se transformando em possibilidades de agregar habilidades  e superar positivamente os ciclos de mudanças do mercado.

Contudo, quando o assunto é transformação digital, é importante analisar o desenvolvimento contínuo das escolas onlines e de todos os processos aplicáveis pela inteligência artificial.  Entender que para construir, desenvolver e entregar conteúdos de qualidade aos usuários cadastrados na instituição e a necessidade de integrar às técnicas educacionais com o sistemas de informação.

 

Matrículas em cursos online crescem anualmente

Conforme uma pesquisa realizada pela Udemy, plataforma de cursos online. Houve aumento na demanda na oferta e produção de cursos online. O motivo deste crescimento de procura no mercado, é que as pessoas estão passando mais tempo em casa. Isso fez elas engajarem em  aperfeiçoar novas habilidades para acompanhar o mercado pós-pandemia.

Os dados referem a nível global registrado desde fevereiro do ano passado.

As pessoas procuram por cursos relacionados à habilidades e comportamentos.

O relatório foi elaborado a partir das seguintes referências:

De acordo com uma pesquisa do Global Market Insights, no início 2017 e atualizada 2019, divulga dados e previsões recentes sobre o mercado de cursos online em nível mundial.

  • Cobertura de dados históricos: 2014 a 2018.
  • Projeções de crescimento: 2019 a 2025.
  • Análise de especialistas: indústria, governo, inovação e tendências tecnológicas; fatores que impactam o desenvolvimento; desvantagens, SWOT.
  • Previsões de desempenho de 6 a 7 anos: principais segmentos que cobrem aplicações, principais produtos e geografias.
  • Relatório de paisagem competitiva: líderes de mercado e players importantes, competências e capacidades dessas empresas em termos de produção, 
  • sustentabilidade e perspectivas.

No mercado americano, os dados estão avaliados em $190 bilhões de dólares, e crescerá em torno de 7% entre 2019 e 2025.

 

Tecnologia

Sem sombras de dúvidas o crescimento do mercado EAD e a praticidade que ela proporciona. É dado com o desenvolvimento acelerado com o uso de tecnologia.

Algumas das principais tecnologias usadas pelo ensino à distância são realidade aumentada, realidade virtual, o uso da inteligência artificial, Big Data, Learning Machine, On-learning, E-learning e outras ferramentas do mundo virtual.

 

Tendências em cursos online para 2021

Gamificação e robótica

A gamificação considerada como uma forma lúdica e diferenciada que sai do modelo tradicional das escolas. Que estimula o engajamento, a criatividade e a interatividade.  Exemplo disto são os games educacionais, que pode ser um recurso eficiente para a pedagogia.

Aplicativos, games e plataformas especializadas em educação ajudam os educadores a trabalharem com conteúdos conteúdos em sala de aula e convidam os alunos a participarem de desafios ou aprenderem de forma lúdica, estimulando os alunos a fazerem as atividades de uma forma mais dinâmica e divertida.

A robótica além de mesclar o digital e o real, o recurso proporciona o protagonismo das crianças e jovens. Por atividades elaboradas para o aprendizado prévios dos alunos. Propõe resolver situações e problemas do cotidiano. Estimulando a reflexão em compreender na práticas disciplinas como matemática e física e ir além da teoria.

 

Realidade virtual e inteligência artificial

É a aposta para as próximas décadas, conhecidas como RV e RA, são consideradas tendências educacionais para todos os níveis de ensino. Promovendo experiências que somente a tecnologia transmite para construir atividades mais dinâmicas em contextos específicos.

A I.A. é um conceito relativamente novo na educação. Com o foco para auxiliar o aluno a identificar rapidamente padrões de erros e acertos, pois trabalha basicamente com estatísticas. Assim, o estudante aprende com a evolução de seu aprendizado.

 

Lean Education Technology – LET

Empreendedorismo e Design Thinking. São metodologias que consiste na criação e gerenciamento de negócios e no desenvolvimento de novos produtos. Dessa forma, as técnicas passas a fazer parte do processo educacional dos alunos em sala de aula, estimulando à criatividade, pensamento crítico, comunicação e colaboração. O objetivo do empreendedorismo digital é desenvolver habilidades importantes para lidar com desafios e alcançarem o mercado de trabalho.

Já o Design Thinking ajuda na realização de pesquisas, compreensão de problemas e geração de ideias e de soluções. É possível trabalhar na construção de protótipos para encontrar soluções para questões do cotidiano e ainda trabalhar a apresentação de ideias para a criação de projetos.

 

Ensino híbrido

Tendência mundial e conhecida pelo termo Blended Learning. Propõe misturar o ensino online com o presencial. E para que o ensino se torne uma ferramenta aliada aos universitários, é preciso adaptar planos de estudo e permitir que cada um siga seu próprio ritmo.

Esse tipo de metodologia reúne atividades práticas em sala de aula ou em campo, materiais em formato EAD e tempo de estudo individual e estruturado.

Além disso, o grande diferencial é integrar o online e o offline, criando espaços interativos que incorporem o desenvolvimento de competências e garantam aos alunos um aprendizado, independentemente do local onde estejam e em momentos diferentes do dia.

 

Ensino de Programação           

Independentemente da profissão escolhida, o ensino terá uma grande relação com programação e codificar. Ou seja, saber criar códigos poderá ser comparado ao que é hoje aprender outro idioma.

Na China, a programação faz parte do currículo escolar e começa a ser ensinada já na pré-escola. Nos Estado Unidos, em 2017, o governo americano anunciou planos para tornar o ensino de programação obrigatório. Destinado aos alunos desde a preparação até os 10 anos.

Entretanto no Brasil, ainda é pouco expressivo o número de instituições, especialmente o ensino público com a presença da programação no currículo de ensino. No entanto, existem diversas iniciativas que oferecem o ensino de programação. Um exemplo Fundação Telefônica Vivo que estimula o uso do pensamento computacional em práticas pedagógicas e favorece o protagonismo de educadores, crianças e jovens.

 

Fenômeno

A procura por cursos online também é acompanhado de outros fatores, a ansiedade, insegurança e a necessidade de se reinventar para o transformação do mercado na nova era pó-pandemia.

Alguns fatores para a evolução da tecnologias, são que 4 bilhões de pessoas no mundo  foram obrigadas a ficarem em casa. Por outro lado, isto transforma o comportamento diante da transformação digital. Afinal, o mundo não voltará como era antes.

Diferente das instituições de ensino tradicionais, algumas empresas educacionais já estão adotando a proposta do cadastramento de instrutores que possam ofertar cursos livres em diversas áreas. Por outro lado, os usuários que queiram agregar novas habilidades ou até mesmo mudar o foco da carreira profissional, acessam a plataforma de ensino e escolhem o curso desejado.

Portanto, a nova realidade imposta pelo coronavírus, quebrou inúmeros paradigmas sobre o EAD e a nova forma de aplicar o estudo no cotidiano domiciliar. Fez as pessoas entenderem como é importante investir em educação digital e que o processo é o mesmo de um cursos presencial. Claro, exigindo foco, concentração para executar as atividades. Por outro lado, o universo empresarial está percebendo que é uma nova chance de investir em cursos online e que a nova era digital chegou para transformar o comportamento humano para os próximos cinco anos.

 

Estamos prontos para auxiliar sua empresa a fornecer uma nova maneira de estudar! Fale com um de nossos consultores!