No desenvolvimento web, é necessário que profissionais de diferentes áreas atuem em sincronia para garantir o bom funcionamento da solução. Designers, arquitetos de software, developers e analistas de qualidade complementam o trabalho uns dos outros. As etapas do desenvolvimento e a sua ordenação variam conforme o projeto, mas, para aplicações web, algumas delas são imprescindíveis. Por isso, neste texto, explicamos quais são as etapas do desenvolvimento de uma aplicação web.

 

Etapas do desenvolvimento de uma aplicação web

UX/UI Design

Todo desenvolvimento web passa pelo estudo e definição da experiência desejada na interação do usuário com a solução. Primeiramente, o designer cria o aspecto visual da solução por meio do layout, menus, botões, formulários, entre outros elementos. Na fase de UX/UI Design, o layout é estático e ainda não permite uma navegação completa entre as telas. Entretanto, essa etapa é crucial, pois auxiliará o desenvolvimento das funcionalidades da solução, conforme as regras de negócio.

Arquitetura de software

Apesar de o nome remeter a aplicações desktop, a etapa de estruturação arquitetural também faz parte do desenvolvimento web. Nela, são definidos os componentes da aplicação e a forma como eles vão se relacionar. Entram aqui as especificações de modelos, servidores, serviços e outros aspectos técnicos do projeto.

Back-end e front-end

Logo após definir a estrutura arquitetural do projeto, inicia-se o desenvolvimento do código. Ele é feito por duas frentes, back-end e front-end, que funcionam juntas e dependem uma da outra.
De forma resumida, o back-end diz respeito à parte lógica da aplicação, do código que não é visto pelo usuário. Já o front-end “dá vida” ao back-end, por meio de códigos que permitem ao usuário executar ações pela interface.
Ou seja: o front-end faz a integração entre o back-end e o UX/UI design das aplicações web. Ao mesmo tempo, o back-end é uma espécie de ponte entre o front-end e o servidor, enviando e recebendo requisições. As requisições recebidas pelo back-end são repassadas ao front-end, que transforma os dados em elementos visuais na interface da aplicação.

Build

Posteriormente ao desenvolvimento e à integração entre front-end e back-end, é necessário fazer o build da aplicação. Esta fase possibilita que a aplicação seja testada e homologada na etapa de controle de qualidade.

Quality Control

Uma vez que foi feito o build da aplicação, o time de qualidade inicia a fase de testes. O objetivo é identificar problemas na solução já desenvolvida e agir para corrigi-los. O processo de tratamento, adequação, melhoria e manutenção da qualidade é realizado em conjunto com as outras áreas. Assim, garantimos uma entrega near-zero bugs.
Como dissemos, a definição e a ordenação das etapas pode variar conforme o projeto. Entretanto, de forma geral, é assim que funciona o desenvolvimento de web-based applications.
Por isso, nos próximos artigos, vamos falar mais especificamente das etapas de front-end e back-end e das tecnologias envolvidas no processo.

 

Experts em aplicações web e mobile

Nosso time de especialistas em aplicações web e mobile está à disposição para encontrar a melhor opção para o seu negócio.
Converse com a equipe de consultores mais próxima de você.
  • Contato global: +55 0800 591 3121
  • Rio de Janeiro: +55 (21) 3500 8480
  • São Paulo: +55 (11) 4858 5910
  • Minas Gerais: +55 (34) 3211 7299
  • Panamá City: +507 360 3462
  • Santiago: +56 22577 4210
Nós podemos desenvolver a solução que vai mudar a história da sua empresa!