Sabe aquela sensação quando se tem um insight?

Depois que este gatilho dispara na mente, imagina que pode ser a solução que mudará a perspectiva de negócios.

Aquele sensação de “UaU!” que ideia brilhante, que ao mesmo tempo parece ser algo que pode realizar de imediato.

Uma ótima notícia é que SIM, tudo isto pode fluir de uma forma inovadora para o sucesso do negócio. Basta ter exercer a criatividade e mudar algumas atitudes, para favorecer grandes ideias que podem mudar a forma de como pensamos em um modelo de negócio genial.

Os criativos estão sempre em busca de insights inovadores.

 

Mas, o que significa insights?

É comum associar o termo insight como sinônimo de ideia. Teoricamente as expressões se conectam, mas são opostas quando colocadas em prática. Isso porque o insight prece de uma ideia que inspirou para estimular a criatividade.

Insight em português significa “visão de dentro”, a expressão pode ser inserida em diversos segmento que vai além do empreendedorismo. Exemplo, uma sensação de alegria, instinto de alguma situação que lembrou ou previu que pode acontecer. Um sentimento não palpável e que faz pensar em inúmeras possibilidades, até se tornar em algo que possa ser tocado.

 

Mas como usufruir estes insights e aplicar em um modelo de negócio em tempo de crises?

2020 pode ser considerado um ano histórico para a humanidade, com o surgimento do novo coronavírus, fazendo que diversos setores empresariais, pequena e grandes empresas. Estudantes e famílias se reinventem na pandemia.

Portanto, é preciso inovar, ter ideias e buscar novas possibilidades de negócios, produtos e seja qual for a profissão. Entretanto é importante oferecer algo diferenciado e inovador. Porque a criatividade é essencial para o sucesso do negócio.

Por isso, é importante praticar e instigar a criatividade no dia a dia de qualquer modelo de negócio, porque serão a partir destas iniciativas que novos projetos e caminhos irão surgir. O processo criativo está no cotidiano, em algo que vive, toca, prova, cheira e em conversas compartilhadas. 

E criatividade com inovação em todos os pilares do nosso negócio, sempre estará um passo à frente de um mercado que vive metamorfoses a todo instante.

 

Inovação

Depois de insights e de pesquisas para inovar nas tendências que surgem para as empresas. É hora de aplicar os conceitos. Mas como fazer isto e quais ferramentas usar?

Segundo o ditado popular, “faça com as ferramentas que possui”. Fato! 

Seja em home office ou na empresa que abriu agora, trabalhe com as ferramentas que que têm em mãos. Aplique as habilidades adquiridas com cursos, investimentos em materiais que esteja ao alcance e claro use com força de vontade todo o conhecimento adquirido em experiências adquiridas.

Inovar usando a tecnologia é parte do novo modelo de negócio que está inserido mercado de hoje para se manter competitivo e relevante no futuro. Portanto, é crucial aprendam o máximo como a transformação digital é essencial para adaptar à uma nova era pós-pandemia. 

Com a Inteligência artificial e suas aplicações transformando muitos setores, o sucesso chegará às empresas que nascem agora a garantir espaço no mercado competitivo e que força de trabalho seja qualificada e que possuam as melhores ferramentas nas práticas da era digital.

Nas empresas, é importante lembrar que além de ideias incríveis, aplicações de novas tendências tecnológicas, vale lembrar que os colaboradores também participam da inovação da marca e que estão no pacote de aprimoração profissional. Investir na formação dessas pessoas, além de cursos em áreas específicas, é um ponto positivo para que a empresa continue no mercado.

Em resumo, a transformação digital não é mais uma discussão sobre o futuro, mas presente no dia a dia, afetando empresas, sociedade e criando novos modelos de negócio.

Não tenha medo de inovar

 

Amplie as suas áreas de conhecimento

Para inovar é preciso “ampliar a visão” sobre como o mundo e os processos funcionam. Isso porque o ato de inovar surge do cruzamento de informações armazenadas no cérebro com novos dados obtidos a cada dia.

 

Invista no coletivo e no compartilhado

Esforce para enxergar cada pessoa que você conhece como uma biblioteca repleta de novas ideias. Especialistas dizem que o empreendedorismos está entrando na era da economia colaborativa, na qual as pessoas e os negócios se ajudam, ou seja em troca de produtos, de serviços e até mesmo de conhecimento e de informação.

Conversar com pessoas diferentes é fundamental para entender várias possibilidade, compartilhar as ideias e escutar com atenção o que elas têm a dizer. Assim, poderá se surpreender com o que vai surgir daí.

 

Trabalhe duro nas ideias inovadoras

Uma ideia inovadora nada mais é do que uma semente e como toda a semente, necessita de estímulos específicos para que possa germinar e crescer saudável. É importante ter um caderno sempre e registrar tudo nele em momentos em que surgirem: de insights.

Então suba mais um degrau:

  • amadurecer as ideias que parecem viáveis
  • pesquisar sempre
  • descobrir se alguém já teve a ideia antes
  • pensar nos benefícios que as ideias podem gerar para a empresa e demais pessoas.

Coloque o cérebro para trabalhar a seu favor!

 

Pense “fora da caixa”

O mercado está valorizando as pessoas autênticas e que trabalham alinhadas com os valores pessoais. O ato de inovar pode e deve ser treinado e aprimorado, principalmente por quem deseja tirar uma excelente ideia do papel.

Entenda o comportamento do consumidor

Observar o comportamento do consumidor é o primeiro passo para quem quer inovar. O empreendedor precisa estar antenado sobre quais são as necessidades e os interesses do seu público. 

Com o reconhecimento de demandas antigas do mercado e dos clientes. A empresa pode inovar com um atendimento diferenciado ou o apoio à alguma causa social, por exemplo.

As soluções vão desde o espaço ou vitrine da empresa, que pode ser online ou offline e até o produto físico. Para inovar não é necessário grandes investimentos, mas é importante despertar a criatividade ou o insight, ouvir os clientes e a equipe.

Para superar a avalanche de transformação que desce para moldar uma nova perspectiva de modelos de negócio. É importante se preparar para evoluções contínuas e que os insights surgem em momentos inesperados para dar o upgrade necessário para abrir uma empresa e até mesmo reformular o modelo econômico e cultural do setor.

 

E ai, já teve seu insight? Nós temos uma equipe pronta para te ajudar.