Para lançar um app novo no mercado, as empresas sabem muito bem que uma estratégia de marketing digital é a única maneira de se destacar. Por isso, saber como promover o lançamento de um novo aplicativo é essencial.

Embora, o foco no desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis e a criação, que funcione corretamente seja um fator central para o sucesso. Se os usuários não souberem que o produto existe, seu trabalho duro será inútil.

O marketing de aplicativos para dispositivos móveis abrange todas as interações dos usuários, desde o momento em que aprendem sobre o produto e até quando se tornam um usuário fiel.

O marketing de um aplicativo móvel envolve efetivamente definir um público-alvo, aprender como alcançá-lo, como se comunicar com eles e analisar o comportamento no app.

Assim, fazer melhorias contínuas à medida que os usuários se movem pelo funil de aquisição. Portanto, não importa se é um aplicativo para remover fundos de imagens ou aplicativos de relacionamento.

Por fim, o objetivo de uma estratégia deve ser a aquisição de usuários e que não apenas promovam o engajamento repetido. Mas também se tornem advogados leais ao produto. 

 

Conheça as estratégias para promover o lançamento de um novo aplicativo logo a seguir!

Conscientização ou pré-lançamento

O estágio de conscientização de uma estratégia de marketing de aplicativo móvel, consequentemente, ocorre antes do lançamento de um novo aplicativo. Por fim, esta etapa é destinada à conscientização da marca e visibilidade do produto.

Afinal, como seus usuários-alvo descobrirão seu aplicativo para dispositivos móveis? Antes de começar com o estágio de conscientização, é importante já ter um entendimento completo das mensagens e do posicionamento da sua marca. Só assim poderá começar sua jornada para ganhar dinheiro com seu app.

Certamente, uma marca ressoa com os clientes através de seus valores e finalidade. Portanto, não é através de recursos individuais do produto. Porque, definir uma posição de marca que oferece aos usuários a chance de se conectar com seu produto em um nível mais profundo.

Abaixo está uma lista de etapas e estratégias a serem seguidas durante o estágio de conscientização do seu plano de marketing.

Determine uma data de lançamento

Em comparação com o Google, a Apple tem um processo rigoroso de revisão que pode atrasar seu lançamento, além disso, é possível encontrar um revés que não previa.

Agora, planejar com bastante antecedência dará a você tempo suficiente para se preparar para o lançamento. Assim, permitirá prever contingências que possam ocorrer.

Realize pesquisas de mercado para entender seus clientes

É provável que um dos erros mais comuns antes do lançamento de um novo aplicativo é não fazer uma pesquisa de mercado corretamente. Em outras palavras, antes de iniciar qualquer trabalho de desenvolvimento, você precisa identificar os principais players em sua categoria de aplicativo específica.

Aliás, não importa o quanto seus esforços de marketing sejam minuciosos. Se seu aplicativo não abordar um ponto problemático do usuário ou um ponto que já tenha uma solução. Para o mercado, o seu produto simplesmente não terá êxito.

Crie personas de usuário

Um objetivo principal em todo o estágio de conscientização é descobrir o usuário-alvo, sobretudo, a valorização e a experiência que o seu produto aborda. Ao mesmo tempo, pode haver vários grupos de usuários para um aplicativo móvel e cada persona do usuário terá sua jornada exclusiva.

Uma persona de usuário é uma representação parcialmente fictícia do seu usuário ideal. Continuando, as personas dos usuários incluem tudo sobre dados demográficos, histórico, preferências de dispositivos móveis, interesses e identificadores exclusivos de um usuário.

As personas dos usuários também, abordam os objetivos centrais do usuário e os desafios que enfrentam atualmente. Além disso, criam a base para o design da jornada do usuário e ajudam a personalizar todos os aspectos do seu produto móvel de acordo com as preferências e necessidades.

Fazendo este processo, desde branding, produzindo conteúdos para o aplicativo. Até mesmo funcionalidades, recursos, escolha de plataforma e estratégia de monetização, precisa ter repercussão no usuário-alvo.

Com efeito, ao descrever minuciosamente seu público-alvo com as personas dos usuários, você responderá a perguntas essenciais que orientarão toda a sua estratégia de marketing. 

Por exemplo:

  • Qual é o ponto central da dor que esse público experimenta coletivamente?
  • Qual sistema operacional móvel esse público-alvo usa? iOS ou Android?
  • Com que tipos de conteúdo esse público se envolve online?
  • Que tom, voz e estilo de conteúdo ressoam bem com esse público?
  • Existem padrões de marca visual que aparecem na atividade on-line desse público-alvo?
  • Esses usuários seguem influenciadores respeitáveis nas mídias sociais?
  • Quais plataformas são melhores para aproveitar a publicidade paga?
  • Sabe-se que esses usuários pagam por aplicativos ou fazem compras no app?

O uso de personas para responder a perguntas, com efeito, o ajudará a coordenar as decisões de design, negócios e marketing para atrair o público certo para o seu produto. Agora, se você não pesquisou adequadamente seu público-alvo, lançar um novo aplicativo que seja relevante para as necessidades deles, falhará.

Realize uma análise competitiva

Faça uma lista dos seus cinco principais concorrentes, preço atual, modelo de monetização, classificação da loja de aplicativos, prós e contras da experiência do usuário (UX).

Também, você pode até criar uma matriz competitiva para determinar como o aplicativo se compara. Por certo, verifique se o aplicativo não repete nenhum recurso mal elaborado ou elemento UX que os usuários tenham revisado negativamente.

Só para exemplificar, pense no que faria seu aplicativo se destacar em contraste com seus concorrentes. Por fim, essas são considerações importantes que devem influenciar toda a sua abordagem de marketing.

Crie um site ou página de destino

Os sites para celular são a fonte número um de instalações de aplicativos. Criar uma página de destino antes do lançamento ou, no mínimo, um vídeo promocional para o seu produto tornou-se uma prática padrão.

Seguindo, depois de ter um vídeo em seu site. Você pode reciclar o conteúdo colocando-o nas lojas de aplicativos, nas plataformas sociais ou até mesmo usá-lo em anúncios pagos.

Além de criar um hype em torno de seu aplicativo, ter um site de pré-lançamento também é uma ótima maneira de otimizar o SEO (motor de busca).Assim, você consegue começar a desenvolver sua autoridade de domínio.

Ao configurar seu site, colete e-mails para manter seus seguidores atualizados e avise-os quando o aplicativo móvel for iniciado. Também é benéfico exibir avaliações de 5 estrelas no site, verifique se as avaliações são autênticas ou sua marca parecerá pouco sincera.

Promover nas redes sociais

Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Pinterest e outras redes sociais permitem expandir sua presença na Web e comunicar-se diretamente com seu público-alvo.

Caso o seu aplicativo segmentar faixas etárias específicas, identifique as mídias sociais mais populares entre as pessoas nessa demografia e foque nelas. Certifique-se de considerar o seguinte:

 

Está claro que você tem um aplicativo desde o primeiro olhar do seu perfil social?

 

  • O objetivo do app é óbvio?
  • Existe um link para fazer o download?

 

Publique atualizações da empresa e recursos que deixarão os seguidores animados com o lançamento. Desse modo crie hashtags no Instagram e outras plataformas e use-as nas postagens quando apropriado.

Como efeito, publique e compartilhe não apenas conteúdo promocional, mas divertido e envolvente relacionado ao seu aplicativo para criar uma comunidade por trás dele. Então você pode pesquisar por quais perguntas fazer no Instagram Stories para criar engajamento e desenvolver uma comunidade por trás do app, por exemplo.

O estágio de aquisição

Com uma estratégia de aquisição de usuários, as possibilidades são infinitas. É importante utilizar métodos diferentes, ser criativo e refinar continuamente sua estratégia.

Procure obter o maior número possível de downloads na primeira semana após o lançamento. Quanto mais rápido o seu aplicativo obtiver downloads, maior será a classificação nos resultados de pesquisa.

É importante que os usuários comecem a baixar seu aplicativo para rastrear a origem dos downloads. Dessa forma, você pode se concentrar nos canais mais lucrativos e melhorar os outros.

Estratégia paga

Após o lançamento do aplicativo, comece a distribuir publicidade, como anúncios em plataformas sociais como o Facebook, extremamente eficazes para a aquisição de usuários.

Dependendo do seu público-alvo, você também deve considerar outras plataformas como Instagram e Twitter, embora o alcance não seja tão grande, ainda é eficaz, especialmente para a geração do milênio.

A plataforma de anúncios do Facebook é excelente para permitir que as empresas segmentem o público-alvo desejado com base em seus interesses, local e muito mais.

Se você estiver segmentando seu público-alvo por meio de anúncios em redes sociais, lembre-se de que as pessoas têm um tempo de atenção menor, para que seus anúncios transmitem o objetivo do produto em alguns segundos.

Se você está fornecendo uma solução que seus usuários estão procurando, os anúncios da Pesquisa Google também podem ser uma boa opção.

O estágio de retenção

A maioria das pessoas pensa bastante no marketing de aquisição, mas depois de adquirir usuários, se ninguém estiver usando o aplicativo, consequentemente, o produto não estará gerando negócios.

Sendo assim, o seu próximo passo deve ser desenvolver um plano de ação para o marketing de retenção. Convertendo seus novos clientes em usuários ao longo da vida. Abaixo está uma lista de estratégias que podem ser usadas para aumentar a retenção.

Estabelecer comunicação bidirecional

A princípio, quanto mais alinhada a experiência do seu aplicativo com as necessidades e preferências do usuário. Maior será a probabilidade de ele continuar usando o produto. De fato, as marcas que usam mensagens no aplicativo para se comunicar com os usuários terão retenção de usuários dentro de 28 dias após o recebimento de um intervalo de mensagens de 61% a 74%.

As mensagens no aplicativo são notificações que não requerem ação imediata, mas são importantes para serem recebidas. Isso pode incluir avisos sobre problemas de aplicativos, falhas de pagamento ou atualizações de versão.

É importante lembrar que nem todas as mensagens enviadas serão relevantes para todos os usuários. É provável que a segmentação de seu público-alvo antes do lançamento de um novo aplicativo ofereça a capacidade de garantir que as informações recebidas sejam valiosas para eles.

Notificação push

Foi demonstrado que as notificações por push aumentam a retenção de usuários, com estatísticas mostrando algo entre 56% e 180%. Além disso, os usuários que optaram por receber notificações push, exibem um envolvimento de aplicativos 88% maior do que aqueles que não o fizeram.

Portanto, quanto maior a taxa de retenção, melhor a classificação na loja de aplicativos. Por fim, incentivar os usuários a usar seu aplicativo também pode percorrer um longo caminho.

Recompensas específicas para celular, acesso a conteúdo especializado, cupons, promoções especiais e outras ofertas. Pode ajudar a gerar conversões e incentivar o envolvimento.

Não prometa demais

Uma parte importante de toda estratégia de marketing é não exagerar. Por exemplo, o boca a boca é de longe a estratégia mais eficaz para o marketing de no lançamento de um aplicativo móvel, não importa o tipo.

Isso significa que você não pode anunciar ou se comprometer demais. Isto é, você precisa garantir que suas mensagens permaneçam consistentes ou resultarão inevitavelmente em usuários frustrados e em altas taxas de desinstalação.

Quando se trata de definir uma ampla estratégia de marketing, é essencial diversificar sua estratégia. Ou seja, algumas pessoas se conectam com vídeo, outras com imagens ou texto.

Visto que criar conteúdo diversificado e garantir que os revisores de aplicativos tenham acesso fácil a ele o tempo todo. Concluindo, lembre-se de que sua estratégia deve ser dinâmica com iterações e a otimização contínua será a chave para encontrar o equilíbrio perfeito entre diferentes abordagens.