A usabilidade de aplicativos é um dos elementos para o sucesso dos procedimentos, os apps provocaram uma revolução na interação entre os usuários e seus dispositivos. Ao longo dos anos os celulares evoluíram de ferramentas simples que mantém você em contato, buscas por produtos e serviços disponibilizados e até mesmo para o gerenciamento de tarefas diárias.

Portanto, o sucesso no desenvolvimento de aplicativos depende de diversos fatores. Os que se podem controlar dizem respeito principalmente ao design e à usabilidade deles e são pontos-chave.

Agora, imagine acessar um app que ofereça uma estrutura parecida com a de um site. Seria praticamente impossível navegar por ele sem muito esforço e muitos arrastar de telas.

 

Aplicativos e a importância do experiência do usuário

A usabilidade aplicada a dispositivos móveis é forte aliada para fazer seu cliente não abandonar a navegação, e mais, se sentir motivado a comprar o produto ou ativar a conversão definida.

Contudo, ao criar app, muitos fatores podem influenciar o sucesso do software. Para muitos, a experiência de uso é um dos principais. Mais importante do que ter uma boa performance ou recursos inovadores, a UX permite que as pessoas tenham uma boa experiência ao aproveitar as funcionalidades da ferramenta.

Em outras palavras, quando ela é valorizada, a empresa pode garantir que o sistema terá uma elevada chance de sucesso. Mas afinal o que é usabilidade?

Geralmente, a usabilidade é utilizada para identificar o quão fácil é usar uma aplicação. Ou seja, ela está relacionada a fatores como:

  • Facilidade de aprendizado do sistema
  • Facilidade de memorizar comandos
  • Capacidade de entregar resultados facilmente

 

Usabilidade

Com efeito, ausabilidade está muito ligada ao modo como o design é estruturado. Quanto mais fácil for utilizar os recursos, mais usável o sistema será.

Eventualmente, experiência do usuário é um dos conceitos críticos para o sucesso de uma ferramenta. Também chamada de UX –  User Experience –  ela é um dos pontos que mais impactam a capacidade de um software de fidelizar o usuário.

Neste sentido, nenhum software com baixa navegabilidade ou usabilidade é capaz de entregar uma boa experiência de uso. Se os menus são pouco fluidos, os recursos apresentam travamentos constantes ou as mensagens de erros são confusas, a qualidade da UX será profundamente prejudicada.

Portanto, a empresa deve sempre estar atenta a estes itens quando for criar app. A valorização de tais pontos permite que o software se torne mais usável e possa ser incorporado a mais rotinas do usuário. Como consequência, ele se torna mais competitivo e rentável.

 

Como ter um aplicativo com uma melhor usabilidade?

 

A criação para uma perfeita usabilidade

A criação de um aplicativo é uma estratégia que está sendo adotada por muitas empresas. Mas, em muitos casos os gestores acabam ignorando a usabilidade de suas soluções. Isso é um problema grave: uma ferramenta com a usabilidade comprometida pode até ter bons recursos, mas sempre estará fadada ao fracasso.

Garante o reconhecimento de marca

Um aplicativo com design e usabilidade ruins, prejudicará e passará uma imagem negativa do produto e principalmente da empresa.

Investir em um bom layout, torná-lo mais amigável, natural e simples faz com que a experiência do usuário seja mais positiva, intuitiva e interessante. É uma maneira de garantir espaço no mercado e conquistar usuários. Um aplicativo único é fácil de ser lembrado, e a sua empresa se beneficiará disso.

Aumente o engajamento com um bom design para aplicativo

Ninguém gosta de usar soluções que não cumprem o que prometem ou que são complicadas demais. Um bom design pode fazer com que as pessoas abram o seu aplicativo com mais frequência e, consequentemente, irá gerar mais renda e visibilidade para o seu negócio.

Fidelize consumidores

É muito difícil conquistar um consumidor, mas, com uma ótima usabilidade, a empresa terá mais chances. Ofereça um serviço que garanta uma boa experiência, gere satisfação e evite frustrações no usuário. Projetar acessibilidade simples e ao mesmo tempo sofisticada que encantem os clientes é o cenário ideal para a fidelização.

Como acertar a usabilidade no design do seu aplicativo?

Para acertar na criação de aplicativos, é fundamental não se esquecer de alguns pontos ao longo do projeto. Com o passo a passo que garante um app incrível para os usuários e que conseguirá se beneficiar de todas as vantagens de um bom design para aplicativos.

Passo 1: pesquise o mercado

Ainda que ideia seja bastante inovadora e diferente de tudo que há disponível por aí, ela atenderá um nicho de mercado que já existe e consome outros tipos de aplicativos.

Entender bem o consumidor e o perfil dele é essencial para o sucesso.

 

Uma persona é um arquétipo de usuário, um personagem quase real construído sobre a ideia do usuário ideal para a sua aplicação. A persona de um jogo pode tanto ser alguém que casualmente utiliza o celular para esse fim. Tudo vai depender do tipo de projeto que está construindo.

Passo 2: faça um mockup da sua ideia

O fundamental para um bom aplicativo é o planejamento e não há melhor maneira de se fazer isso do que visualizando como a sua solução funcionará. Isso ajudará a entender se é natural navegar pelos menus e ferramentas dela da maneira como imaginou e que mudanças podem ser feitas para tornar um projeto ainda mais atraente.

 

Não basta ter uma boa ideia para criar um aplicativo bem-sucedido, vale lembrar que usabilidade é essencial em tudo. É preciso pensar em como ele será utilizado pelos usuários e se não entregará mais complicação nas tarefas que pretende resolver.

 

Por isso, pegue uma folha de papel e desenhe a ideia, mesmo que de maneira rudimentar. Assim, será menos complicado entender como o design do app deve ser feito e obter um produto mínimo viável.

Passo 3: pense na identidade visual do seu app

Assim como marcas têm identidades visuais, aplicativos também possuem. Eles contam com cores personalizadas e símbolos próprios que fazem com que sejam facilmente identificados pelos usuários. Definir a interface do seu app será impossível sem determinar quais são esses elementos, cores e formas.

 

Se a marca já tem uma identidade visual e quer fazer um aplicativo personalizado, o ideal é usar elementos que já são comuns a ela para reforçar o branding da empresa. Mesmo que haja algo definido, terá a oportunidade de criar do zero a  identidade do app, já que esse meio é bastante diferente dos impressos.

Passo 4: teste a sua aplicação com outras pessoas

Muitas vezes, quando estamos imersos em um projeto, temos dificuldade em ver os problemas dele. É comum também que outras pessoas enfrentem dificuldades com coisas que nos parecem naturais. Por isso, testar o  aplicativo é o segredo para criar um design de sucesso.

 

A legibilidade dos botões, a maneira como os elementos são apresentados no layout e o quão simples é a usabilidade da ferramenta são aspectos importantes que você terá facilidade de entender com auxílio de outros usuários.

Nem tudo que funciona para você é a solução ideal e, com testes, será possível perceber isso e fazer as modificações apropriadas para garantir bons resultados.

Passo 5: contrate um especialista

Não há passo mais importante, porém, para que o design que contratar uma boa empresa de desenvolvimento de apps com experiência.

Certamente, como esses profissionais lidam com soluções diariamente, terão facilidade de identificar pontos do seu projeto que são falhos, mudanças que são necessárias para se adaptar às plataformas e ao comportamento dos usuários e até estilos de layout e animações que podem fazer com que o aplicativo seja mais interessante de se utilizar.

 

Contratar uma empresa especializada para a criação do aplicativo é a maneira certa de garantir que ele será tão funcional e eficiente quanto os seus usuários exigem que seja. Isso é usabilidade!

 

Afinal, fluidez de um software é outro fator que impacta usabilidade e experiência do usuário. Com fluidez não só é rápido, como também tem uma experiência de uso uniforme. Todas as animações e troca de telas são feitas de modo integrado e cria um fluxo de trabalho mais simples e dinâmico.

Portanto, sempre que for criar um software, invista nesse fator. Faça testes para garantir que a troca de funcionalidades, a abertura da aplicação e o seu encerramento sejam feitos de modo unificado e sem pulos.

Saiba mais! Fale com um de nossos consultores!

Preencha o formulário em nosso site ou envie um e-mail para: [email protected].