Site responsivo, App ou Site Mobile- Qual opção minha empresa deve adotar?

Site responsivo, App ou Site Mobile- Qual opção minha empresa deve adotar?

Considerando que a maioria dos brasileiros prefere utilizar o celular para acessar a internet, é muito importante para uma empresa que seu site seja responsivo e/ou que sua empresa tem um aplicativo com bom desempenho.

Mas afinal, como funciona o site responsivo? Qual a diferença entre site responsivo e site mobile? O aplicativo substitui o site responsivo?  Se você possui essas dúvidas, o texto abaixo irá te ajudar a compreender estes conceitos e diferenças.

Site Responsivo

Site responsivo

Um site é considerado responsivo quando seu layout é adaptável ao formato de um dispositivo móvel. Ao acessar o site pelo computador, o formato É um site que tem o layout preparado para se adaptar ao formato se amplia e preenche toda a tela. Já no smartphone, os dados mudam de posição, mas mantém o mesmo tamanho.

O fato de o site ser exibido no celular, não o torna responsivo. Quando o visitante precisa ampliar a tela e voltar ao normal a todo o momento para visualizar as informações, é sinal de que o site não é responsivo. Nessa situação, muitos usuários desistem de acessar o site, fazendo com que a empresa perca clientes.

Site Mobile

O site mobile ou web app, tem o design voltado para os aparelhos móveis. As empresas que optam por utilizar site mobile precisam portanto de duas versões de site, a versão móvel e para desktop.  De modo que um site mobile, é mais oneroso do que um site responsivo.

App  ou Site Responsivo

Os aplicativos tendem a oferecer um desempenho superior em comparação aos sites.

No entanto o fato da empresa possuir uma plataforma, não exclui a necessidade do site responsivo. Nem todos os clientes vão utilizar o app, pelo fato de ser necessário instalar o mesmo, clientes que não acessam com muita frequência provavelmente vão preferir o acesso apenas pelo site.

O bom funcionamento seja de um site ou de um aplicativo, garantem melhor ranqueamento no Google, além de reduzir a taxa de rejeição, aumentando as chances de venda.

Um app bem desenvolvido potencializa ainda mais a taxa de conversão (vendas ou contato), mas não exclui a necessidade de um site responsivo.

Quando é para usar uma única vez. Para consultar um produto esporadicamente, por exemplo, é mais cômodo usar o site mobile.

Por se tratar de um software, um app precisa lidar com as diferenças entre sistemas operacionais. É uma tecnologia mais recente e tem menos mão de obra disponível. Esse conjunto de fatores torna um projeto de aplicativo cerca de 3 vezes maior o valor, em relação à um webapp.

Se tratando de um negócio com volume de informações e pensando em um grande mercado, não há como fugir do APP.  A taxa de conversão (vendas), devido à usabilidade e performance, é maior. Além disso, para alguns projetos, que demandam alguns requisitos, somente um app terá condições de atender.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *