A quantidade de telas para um app de sucesso depende da arquitetura do projeto. Portanto, quanto menos telas o app tiver, melhor. Porém, são inúmeros os fatores que envolvem ao desenvolver as páginas de uma aplicação. Que, aliás, o usuário tenha uma ótima experiência ao usar o aplicativo.

Com o desenvolvimento tecnológico, a velocidade da informação e a importância da praticidade no dia a dia das empresas e clientes. Os sites, os blogs e as redes sociais já não são suficientes para se destacar no mercado.

Porém, desenvolver um app sem um propósito não serve, ao contrário disso, é preciso cuidado para não ser apenas mais um no mercado competitivo. Ou seja, o design do aplicativo precisa ser atraente, personalizado e com as telas intuitivas.

De fato, a quantidade de telas depende do que o seu app precisa para que o usuário instale e compre da sua marca. Portanto, sempre lembre que quanto menos, melhor.

Portanto, neste artigo daremos dicas sobre o desenvolvimento e as técnicas usadas para otimizar as telas do seu aplicativo. Então, vamos lá e boa leitura.

 

A importância do design das telas para um app de sucesso

O primeiro ponto a destacar sobre o número das telas de um aplicativo, é o design das telas. Afinal, por mais que o app não ofereça nenhum travamento, neste sentido, o que melhora a usabilidade da aplicação é o design.

Dessa forma, atente-se aos detalhes e analise o que os aplicativos bem-sucedidos têm em comum.

Conforme, a utilização de uma tipografia agradável, as imagens com boa resolução e um layout limpo. São medidas essenciais para ter credibilidade, e não deixar o usuário perdido em meio a um emaranhado de informação.

Lembre-se: pense no ponto de vista do usuário e não de um profissional para que o seu app seja um sucesso.

Seguindo essa lógica, pense na customização do app para melhorar a experiência do usuário. Além disso, imagine a utilização sob a luz forte do sol, por exemplo. Onde as letras brancas com o fundo claro complicam a visualização por causa do contraste.

Dessa forma, a interação é a parte importante, quando se trata de design de aplicativo. Aliás, algumas funcionalidades acontecem de maneira diferente para Android, IOS e Windows Phone. Pois, alguns elementos funcionam de acordo com cada sistema.

Apesar de ser uma tarefa dos desenvolvedores, o trabalho é feito em conjunto com um designer que entende de UX/UI. Assim, a equipe aprimora a experiência do usuário, com as cores e as dimensões das imagens da aplicação.

Por isso, é fundamental o uso de gráficos de alta, média e baixa densidade. Que passa pela adaptação ao tamanho do aparelho que será utilizado ao abrir o aplicativo. Assim, consequentemente o seu aplicativo reduz o número de telas. 

 

O user interface em um app de sucesso

A quantidade de telas para um app de sucesso,  vai desde o acesso a um banco de dados, até a melhoria na comunicação e no marketing da empresa. Porém, para que aconteça da maneira correta, é preciso que o usuário seja o objetivo principal.

O conceito de User Interface — ou Interface do Usuário — representa todo o processo de navegabilidade do utilizador, como os botões nos menus e as diferentes mídias. Assim, o usuário acessa com facilidade um app.

Na prática, depois de desenvolver toda a parte da satisfação, descobrindo os anseios, as necessidades e as dores do usuário e compreendendo o aplicativo. É a vez do Ux Designer desenvolver a experiência e a organização dos elementos nas telas do app.

Portanto, o profissional de User Interface idealiza o layout, os textos, as imagens, as chamadas para a ação, entre outros elementos necessários para melhorar a navegação.

O User Interface não pensa apenas nas telas bonitas. Mas também, na usabilidade, na boa experiência do usuário que, aliás, é a causa do sucesso do seu aplicativo. Assim, ele considera alguns pontos como fundamentais para o êxito, tais como:

  • Proporcionar a clareza sobre os elementos, especialmente quando se trata de cliques e seleções;
  • As utilidades voltadas para a objetividade;
  • Em diminuir os campos de preenchimento dos formulários, se possível;
  • Deixar as informações claras;
  • Organizar a volta do usuário para a página anterior, sem que isso signifique sair do aplicativo e retornar com a senha novamente;
  • Agrupar as informações de acordo com o objetivo e não deixar nada fragmentado. Evitando, assim, que o usuário tenha dificuldade no momento de  usar o app.
  • Posicionar as chamadas para ação em locais com maior conversão de cliques, sempre com o objetivo de aumentar a interação com o usuário.

 

O que é wireframing, ou planejamento das telas de um app?

Se você é novo no conceito de wireframing, primeiro vamos resolver esse mistério.

Wireframing é como um modelo de tela ou um esquema de página que é criado como um guia visual para nos ajudar a estabelecer a estrutura do esqueleto de um aplicativo/site.

Esse é um conceito amplamente conhecido para web design que recentemente foi adaptado para o design de aplicativos. Resumindo, é um esboço das telas e como elas vão se comunicar entre si. Ele não desenha e projeta o aplicativo, mas mostra como funcionará de maneira simples.

Se você já viu um projeto de construção, provavelmente verá projetos arquitetônicos criados antes do início do processo. É exatamente o que um wireframe faz para desenvolver um aplicativo para dispositivos móveis.

O que um bom wireframe das telas um app de sucesso deve mostrar?

Um bom planejamento das telas do aplicativo mostrará as seguintes características:

  • Como o Conteúdo será apresentado e priorizado;
  • Distribuição de espaço;
  • Ações planejadas;
  • Recursos e funções disponíveis;
  • Transições entre telas.

Criar um wireframe é como criar um mapa mental de etapas e procedimentos sobre como começar um desenvolvimento de aplicativo móvel.

Ele fornece uma ideia clara sobre a hierarquia de conteúdo, categorias de objetos, elementos de tela, ações possíveis e elementos visuais da marca. O que você não deve esperar neste modelo inclui cores, elementos de design, fontes, imagens reais e logotipos.

Como planejar as telas de um aplicativo passo a passo

Agora que você já sabe o que é o wireframing, vamos te ajudar com o planejamento em um guia passo a passo para um excelente planejamento das telas do seu aplicativo.

1 – Saiba o que você está desenvolvendo e na quantidade de telas para um app de sucesso

Hoje em dia, é comum esperar que um app seja fácil de usar. Com apenas alguns toques, você consegue acessar a todas as funcionalidades que ele oferece. Mas, apesar desses fatores nos levarem a crer que a criação de um projeto de UX móvel será fácil, a verdade é outra.

Se você deseja oferecer uma ótima experiência do usuário, deve fazer um grande esforço para garantir que seja fácil de usar. Primeiramente, nem considere a estética do design por enquanto. As cores, fonte e outros elementos do design podem ser cuidadas mais tarde. 

Concentre-se nos aspectos mais integrais do seu design.

São considerados aspectos importantes recursos como:

  • Bate-papo
  • Barra de pesquisa
  • Links de mídia social clicáveis
  • Entre outros

Faça uma lista e inclua todas as coisas que você realmente precisa no aplicativo. Tal prática pode facilitar o gerenciamento do processo de planejamento das telas.

Em suma, pense qual será o destino dos usuários dentro do app e se concentre num roteiro que os leve lá.

2 – Foque na experiência do usuário nas telas para que tenha uma app de sucesso

Seus esforços devem ser focados na UX. Qual é a primeira coisa que os usuários verão depois de lançar seu aplicativo? Como essa tela os guiará para navegação adicional? Como os usuários podem realizar ações específicas? Será mais fácil para eles se descobrirem?

A experiência do usuário pode ser abstrata e complicada. Pois, assim como grande parte das tecnologias a UX também está evoluindo em ritmo tremendo. Você pode não conseguir tudo o que deseja oferecer com seu aplicativo. Neste segundo passo você tem que entender que mesmo conceitos amplos possuem limitações.

A UX é sobre entender o seu público, criando uma experiência relevante para ele. Em projetos tão grandes quanto um aplicativo móvel, é fácil se deixar levar e fugir do foco que é o seu público. Criar um wireframe não significa que você criará o app inteiro a partir do zero. 

Significa apenas destacar as funções básicas do seu aplicativo para que os usuários possam interagir com ele e entendê-lo.

3 – Busque por inspiração na quantidade de telas para um app de sucesso

Você pode encontrar facilmente muitos modelos de design UX para começar. Isso dá a você a oportunidade de ver o trabalho dos outros e usá-lo como inspiração. Você sempre pode mudar as coisas, adicionar sua própria criatividade e torná-la relevante para o seu aplicativo para criar algo totalmente novo. Tudo que você precisa é pesquisar através da variedade de modelos existentes para obter exatamente o que deseja.

4 – Construa seu Wireframe das telas para um app de sucesso

Existem diversas opções para criar seu design de aplicativo. Você pode fazer isso online ou manualmente. Você pode usar um papel grande ou um quadro branco para criar diferentes páginas de aplicativos, uma por uma, e esboçar o wireframe.

Existem opções para fazer o seu wireframing on-line onde você terá o mesmo trabalho com menos esforço. Além disso, essas ferramentas gratuitas garantem que não haja custo adicional associado ao seu processo de wireframing.

5 – Coloque as telas do app de sucesso para funcionar

O próximo passo para garantir que seu wireframing funcione perfeitamente é prototipá-lo. Isso irá atualizar instantaneamente o seu trabalho de caixas de texto simples que você levou dias para criar.

A prototipagem é o processo em que você conecta todas essas caixas para ver se o seu wireframe está funcionando. Por exemplo, conectar imagens e botões específicos a seus menus suspensos, recursos, páginas de destino etc.

Assim como o wireframe, a prototipagem é uma ferramenta essencial que ajuda a identificar pontos cegos e falhas ocultas. Ele permite que você corrija os erros de design antes de apresentar o projeto final de wireframe.

6 – Apresente a ideia do seu app de sucesso

Você está satisfeito com os resultados do protótipo? Você se deu um tapinha nas costas pelo maravilhoso trabalho que fez? Se sim, é hora de apresentá-lo aos seus gerentes e clientes para que o processo real de criação de aplicativos possa começar. Enfim, esteja preparado para justificar suas decisões e ideias.

 

O planejamento das telas de um aapp de sucesso é essencial?

A princípio, a quantidade de telas para um app de sucesso, definitivamente, tem um papel importante durante o processo de desenvolvimento do seu aplicativo. Você pode ignorar totalmente essa etapa, mas isso afetará seu planejamento e organização no longo prazo.

Aqui estão algumas das principais razões pelas quais você deve pensar em um wireframing:

  • Ele dá uma ideia clara de como o produto final será produzido.
  • Ele destaca funções, recursos e elementos básicos de design.
  • Facilita os processos envolvidos no desenvolvimento de aplicativos.
  • As transições do projeto parecem claras e lógicas.
  • É mais barato porque você pode simplesmente transferir esse blueprint para os desenvolvedores de aplicativos e começar o trabalho.

Lembrando que tudo isso se trata de um esboço do que seu app será. Se você não possui experiência em criação de fluxo de telas, ou mesmo em criação de aplicativos, recomendamos a busca de profissionais para ajudá-lo.

A Crosoften, conta com diversos profissionais experientes na área. Portanto, se você possui um projeto de aplicativo e procura alguém para desenvolvê-lo entre em contato conosco!