Incrível que pareça o ano de 2020 foi o salto definitivo para quem trabalha com TI. Agora nos próximos anos esta área dará um salto gigantesco e surgindo novas tendências que vai revolucionar a perspectiva empresarial.

Claro, a tecnologia, até então vista como apenas ferramenta de diversão e trabalho, agora, passou a ser um instrumento de extrema necessidade para a sobrevivência dos negócios. quais são as novas tendências para a área nos próximos anos.

 

Transformação em 2020

Alías, por mais que a tecnologia tenha segurado as pontas durante o período turbulento da pandemia, nem tudo foram flores. Mas foi aí que se percebeu que as inovações e melhorias na área não precisam ser só constantes, mas acima de tudo ágeis.

Trabalhar no modelo home office, por exemplo, é o sonho de quase todos os profissionais, mas acabou virando um pesadelo durante a quarentena:

  • Lentidão da internet devido ao grande número de usuários;
  • Sobrecarga em sites de serviços que recebem mais demandas do que conseguem suportar;
  • Problemas com conexão que reduz a qualidade de áudio e vídeo;
  • Dificuldades em fazer downloads de arquivos;
  • Cyber ataques para derrubar sites;
  • A rede domiciliar não funciona como a rede corporativa, o que impede manter o padrão e a agilidade do serviço;
  • Muitas empresas não trabalhavam em home office e tiveram que se adequar quase que de forma instantânea.
  • Serviços médicos, escolas e até audiências jurídicas que desconheciam o conceito de trabalho a distância, tiveram que se adaptar.

 

O que esperar de tendências de TI para 2021?

Mesmo assim, diante de algumas dificuldades de ter que lidar com o inesperado, tudo caminhou. Afinal, as contas não pararam de chegar, ninguém deixou de se alimentar, pessoas precisaram usar o serviço de saúde, transporte e banco.

Diante disso, o mercado entendeu que as infraestruturas dedicadas à TI em 2021 vão precisar estar mais ágeis e específicas do que nunca, com a digitalização de uma série de processos que, antes, eram conduzidos fora do virtual.

 

Tecnologia 5G

A comunicação móvel precisa melhorar e a solução está na tecnologia 5G. Ela é a evolução natural das gerações 3G e 4G, porém com muitas vantagens.

No entanto, seu diferencial não é apenas a velocidade que conecta o celular muito mais rápido na internet, mas traz aplicações que podem melhorar a interação das pessoas e dos negócios, como objetos conectados e cidades inteligentes.

A ideia do 5G é deixar tudo conectado, celulares, carros, câmeras de segurança entre outros eletrodomésticos, permitindo que mais aparelhos acessem a internet móvel ao mesmo tempo. A]Assim, alguns especialistas admitem que a tecnologia  pode permitir que mais de um milhão de aparelhos se conectem por metro quadrado.

 

Social Business

Uma das fortes tendências para 2021 é o investimento no relacionamento entre empresas e consumidores.

Aplicações em TI estão sendo criadas e melhoradas para analisar dados de perfil de consumidor, ou seja, otimizando o trabalho das empresas que objetivam bons relacionamentos com clientes e dar a eles respostas personalizadas e imediatas sobre algum desejo ou necessidade.

Para melhorar a experiência com o usuário, a proposta é criar e aumentar o uso de chatbots e softwares de automação de marketing.

 

Internet das coisas

Falar sobre objetos inteligentes nos leva a outra tendência de TI: a internet das coisas.

De maneira geral, o objetivo da Internet das Coisas é deixar tudo ao nosso redor mais inteligente. 

Certamente, é a tendência para os próximos anos é que essa tecnologia se democratize, oferecendo esses recursos a preços mais baixos. Isso fará com que assistentes virtuais e objetos inteligentes façam parte da vida de todo mundo, assim como hoje fazem parte os smartphones. 

Dentro das empresas a Internet das Coisas pode ser aplicada para fazer o controle do consumo de energia automaticamente, por exemplo.

 

“Acompanhar os avanços da TI é difícil mesmo em constante busca por novidades, inseridos no mercado de trabalho.”

 

Segurança da informação

Com tanta novidade que está por vir, a segurança da informação não poderia ficar de fora. A tendência para 2021 é o investimento pesado em segurança da informação.

Primeiramente, pensa em milhares de conexões partindo de tudo quanto é lado, escritórios, clínicas e área jurídica fazendo atendimentos, deixando portas abertas para invasores mal-intencionados que podem roubar seus dados, seu dinheiro e tudo o que você levou anos para construir.

 

Atenção a LGPD

No Brasil a Lei Geral de Proteção de Dados a LGPD regulamenta e monitora o tratamento de dados virtuais, ou seja, os dados que todo mundo já preencheu ao fazer um cadastro online.

Aliás, a lei surgiu apenas em 2018 e por isso é importante estar atento ao que ela diz. 

Por fim, o profissional da segunda década dos anos 2000 vai precisar dominar todas as regras e normas presentes na LGPD para garantir que seus projetos estejam de acordo com o que é exigido.

 

Business Intelligence e Big Data

O Big Data não é exatamente uma tendência porque já é uma realidade em um grande número de empresas. Entretanto, sua presença nessa lista se justifica pelo tamanho da expansão prevista dentro da área, principalmente, quando aplicada ao Business Intelligence.

Mudou a forma como as empresas tomam decisões sobre todas as áreas do negócio, permitindo que as organizações tenham maior conhecimento sobre seus clientes, produtos e serviços.  

A função estratégica é demanda profissionais especializados capazes de captarem dados, transformá-los em informações relevantes que irão auxiliar empresas a fornecer melhores soluções e com custos mais baixos. 

 

IA é uma tendência crescente por possibilitar a criação de sistemas autônomos, que ampliam a produtividade das empresas e facilitem a vida das pessoas. 

 

O desenvolvimento da inteligência artificial se une à engenharia e robótica para a criação de dispositivos físicos que passarão a ser usados no dia a dia de forma mais democrática pelo grande público. Entre estes dispositivos estão:

  • robôs;
  • veículos autônomos;
  • aplicativo inteligentes.

 

Cloud Computing

Você já deve ter ouvido falar em Google Drive ou Dropbox. Eles são exemplos de soluções de armazenamento em nuvem usados por empresas de todos os tamanhos. 

Além de oferecer mais segurança por garantir que os documentos da empresa estarão a salvo de problemas físicos como queima de um computador, incêndios e inundações.

O backup em ferramentas de cloud computing facilita o acesso de pessoas autorizadas a documentos em qualquer lugar ou hora e diminui a necessidade de armazenamento de pastas de arquivos físicas.

 

Biohacking

Se refere à tecnologia que trará novidades também para área de Medicina. Isso porque consiste em literalmente hackear a Biologia, fazendo a associação de recursos tecnológicos com orgânicos ou biológicos.

Um exemplo dessa inovação é um experimento, visando dar tato à proximidade. Da mesma forma, consiste na implantação de imãs nos dedos, ligados por um fio a um sensor de proximidade fixado em um boné.

 

Globotics

Os robôs já estão presentes em diversos segmentos, mas a tendência é de que isso se intensifique. A techword Globotics é um termo que une globalização com robotics (robótica) e aponta justamente para esse futuro, de uma utilização intensificada de robôs para executar tarefas, como o cobot,  de acordo que, poderia substituir os humanos.

Além disso, é possível realizar trabalhos remotamente utilizando um robô como instrumento. Segundo Roger, duas tecnologias que trazem esse conceito são os robôs cirúrgicos e a telepresença. 

 

Phygital

O termo se refere à união entre o universo físico e o digital, que tem sido explorado por empresas para expandir mercado e melhorar a experiência do consumidor.

Uma loja que realiza vendas físicas e digitais já está inserida nessa realidade. Ela acontece, por exemplo, quando entramos em um site ou aplicativo para comprar um produto e fazemos a retirada dele na loja física.

 

Existe uma conversão dos canais de venda, alcançando um público mais diversificado por meio da exploração de recursos físicos e digitais.

 

Roboethics

Diz respeito à postura humana em relação ao modo como é vista a interação entre pessoas e robôs, um futuro nada distante.

Afinal, o intuito é promover uma reflexão sobre esse tema. Para isso, já foram movimentadas diferentes ações. O Vaticano, por exemplo, abriu uma área de pesquisa sobre Roboethics, e “a Sociedade Americana de Proteção aos Animais fez um vídeo de maus tratos a robôs e atentou muitas pessoas para esse problema”.

 

Affective Computing

Slavo que, é uma tecnologia emergente que combina a ciência da computação com a psicologia e a ciência cognitiva.

Estamos falando sobre máquinas ou robôs que são capazes de detectar, reconhecer, processar, interpretar bem como simular emoções humanas, além de responder a elas de acordo com fontes visuais, auditivas e textuais.

Positivamente, essa inovação tecnológica favorece a criação de robôs que interagem com o ser humano. Ele interage com as crianças e pode virar o melhor amigo delas, mas muito mais do que isso. Teoricamente, ele ajuda no desenvolvimento infantil.

 

Digital Wellbeing

Envolve diretamente qualquer um que seja o usuário da internet. Isto é, porque se refere ao tempo que uma pessoa permanece conectada ou exposta aos conteúdos web.

A princípio, o intuito desse conceito, filosofia ou política é incentivar a utilização do celular e as suas ferramentas de uma forma saudável. Seria desenvolver ou adotar métodos para utilizarmos a tecnologia sem trazer prejuízos para a saúde.

 

Realidade Digital do Brasil

Em termos de Brasil, somos o segundo país no mundo que mais fica conectado à internet, considerando dados antes da pandemia do coronavírus. Aponta para a necessidade de buscar o uso racional dos recursos tecnológicos para proporcionar o bem-estar.

Por fim, as empresas que, de fato, conseguirem olhar para a realidade para as novas tendências na área de tecnologia e TI, ganharão cada vez mais notoriedade.

Se posicionando à frente da concorrência, podendo até se tornar referência e conquistar um público ainda maior.

O mundo não pode parar! Essa talvez seja a grande lição que tiramos dessa pandemia. Venha fazer parte desse novo mundo! Fale com um de nossos consultores!

Preencha o formulário em nosso site ou envie um e-mail para: [email protected].