O IMPACTO DE UM ERP DENTRO DAS EMPRESAS
Os desafios para pequenas e médias empresas que estão em desenvolvimento é o da comunicação. A dificuldade na troca de informações entre os setores que estão se formando, é um entrave em organizações de pequeno porte. Por isso, recorrem ao ERP, porém, qual é o impacto deste nas diferentes empresas?
O Enterprise Resource Planning (ERP), ou traduzido para bom português, Sistema de Recursos Empresarias é uma ferramenta de gestão que nos últimos anos tem sido adotada por milhares de empresas. Sua eficiência e praticidade é um dos principais atrativos do sistema ERP online.
Esse tipo de software de gestão empresarial funciona online, ou seja, não é necessário a empresa ter um servidor em suas instalações para rodar o programa. É outro ponto positivo que alavanca o sucesso do ERP. Vamos aprofundar outros detalhes da implantação desse sistema nas empresas.
O ERP e a relação com os funcionários
Muitos questionam se automatizar processos numa empresa causará grande impacto nos recursos humanos. O ERP reorganizará funções, dará os funcionários mais tempo para desenvolver outras atividades. Porém, ocupações já um tanto obsoletas, serão absorvidas pelo sistema.
Uma das principais coisas que o ERP é redução de custos, e funções que já não se aplicam a um modelo organizacional eficiente, são cortadas aos poucos, durante o funcionamento do sistema.
Ele visa eliminar o retrabalho. Então usemos a seguinte ilustração:
Uma oficina sem o ERP precisa de um recepcionista para receber o cliente, e encaminhar a um atendente que abrirá, manualmente uma ordem de serviço O.S.). Com o sistema de gestão online, na própria recepção a O.S. pode ser aberta, e a oficina já receberá as informações do problema do veículo.
A dinâmica é alterada por completo. Agilidade em todos os momentos: essa ordem de serviço, será integrada a uma peça que sairá do estoque, que por sua vez corresponderá a uma nota fiscal e boleto de cobrança.
Note como o processo muda. Num cenário assim, a empresa precisa de profissionais mais atento as informações; poderão inclusive atender os clientes de forma mais personalizada.
O ERP e o aumento nas vendas
Com uma gestão mais aplicada, o contato com os clientes e fornecedores tornar-se mais assertivo. Isso é revertido em potencial de vendas. Os vendedores terão acesso a informações sobre faturas quitadas, ou conhecer mais detalhes do contrato, pois esses dados estarão lançados no ERP.
Conhecendo os hábitos financeiros dos clientes, facilitará o trabalho do comercial, que montará estratégias de vendas que atendam a demanda deles. Uma espécie de programação para vender.
Outro ponto que favorece o setor comercial é o entendimento com o controle de estoque, que também compõe o sistema ERP. O vendedor consultará os níveis do estoque sempre antes de fechar uma venda. Não se comprometerá com o cliente, caso não tenha disponível as mercadorias em seu depósito.
O ERP e o controle financeiro
Ainda é muito comum em empresas que estão se estruturando, pilhas de despesas na mesa de funcionários de contas a pagar, que são conciliadas, depois lançadas numa planilha, segue para alguém autorizar o pagamento e por fim, um funcionário começar a realizar ou dar baixa nas contas. Com o controle financeiro do ERP essa volta toda acaba.
A empresa consegue fazer uma programação de pagamentos a partir do que é faturado. Na prática, por exemplo, a conta de energia elétrica é recebida, de imediato é lançada no sistema ERP, e já é cadastrada com data limite de pagamento. O gestor fará a autorização dos pagamentos de acordo com o que estiver em tela.
Dá mesma forma acontecerá com a cobrança e conciliação bancária. A receita que entrar na conta da empresa, serão facilmente identificados, depois de cruzado com as faturas que constam no ERP. E o que não for pago, também é localizado, e rapidamente começar os procedimentos de cobrança.
Os impactos do ERP são positivos
Qualquer consulta a especialistas em gestão ou em tecnologia da informação terá avaliações positivas quando o assunto são os softwares ERP. É uma postura arrojada, principalmente de empresas que estão em crescimento.
Portanto, o nosso conselho é que adote o quando antes um sistema ERP, automatize seus procedimentos internos, para alcançar uma forma mais dinâmica de trabalho em sua empresa. Certamente, bons frutos serão colhidos.