Desenvolva apps para que façam sentido e que o consumidor usufruir mais o seu produto. Mas afinal, quais são essas peças tecnológicas que alavancam as vendas de inúmeras empresas?

Desenvolva apps para o consumidor

Começando, os brasileiros estão entre os maiores usuários de apps do mundo, mas mantê-los satisfeitos com os recursos requer cuidados com UX e conexão com os objetivos da empresa.

Afinal, o que torna o desenvolvimento de aplicativos, um desafio para os profissionais e as empresas que estão entrando nesse mercado agora.

Ao mesmo tempo em que são baixados, os apps também são descartados, por não oferecerem uma experiência positiva para o usuário. O relatório The uninstall threat apontou, que em 2020 contabilizou oito bilhões de instalações entre janeiro e novembro.

Em vários países, a desinstalação de apps foi de 53%, em até 30 dias depois do download. No entanto, 45% dos casos aconteceram ainda nas primeiras 24 horas.

Portanto, a utilidade e a interatividade são os fatores importantes para que o usuário não desista do aplicativo.

Afinal, a interatividade por meio de notificações é um ótimo auxiliar na sensação de utilidade.

 

Por que desenvolver apps que fazem sentido para o consumidor?

A criação do aplicativo como uma solução para melhorar a experiência do usuário (UX), muda a forma como as pessoas se comportam no ambiente digital.

De fato, com a transformação digital na última década, os serviços ficaram mais acessíveis e simples. Assim, aproximando o consumidor e as marcas com o uso de aplicativos.

Agora, o Brasil é um dos maiores mercados de aplicativos do mundo. De acordo com o relatório Digital 2021, da We Are Social em parceria com o Hootsuite. O número de apps para mobile baixados no ano passado no País, chegou a 10,1 bilhões.

Segundo o relatório The State of Mobile 2021, da plataforma App Annie, 96,3% dos brasileiros passaram quase 5 horas por dia utilizando apps em 2020.

Continuando, o relatório Digital 2021 apontou que 97,6% dos brasileiros, usam para a troca de mensagens. Em segundo lugar, as redes sociais com 98,2%. Em terceiro lugar, as visualizações de vídeos em 92,4% e por último as compras online ficou em 79,4% dos usuários.

Os números sugerem que colocar um aplicativo no mercado nacional é uma estratégia com bom potencial de retorno. Mas como a concorrência é grande, é importante que a empresa tenha um objetivo claro para o uso da tecnologia e atenda a expectativa do consumidor. Caso contrário, a desinstalação é certa.

 

O segredo ao desenvolver apps, antes de tudo, deve fazer sentido para o negócio

Desenvolva apps que façam sentido para o consumidor e que o produto final estará na tela do usuário.

O projeto de um aplicativo envolve várias etapas de diferentes maneiras. Como a ideação, a construção da primeira versão, a validação do modelo de negócio e a escala do modelo.

Afinal, é importante que a empresa tenha um objetivo claro antes de desenvolver o app. Explicando, se a intenção do aplicativo é ser algo que entre na rotina do usuário para realizar as atividades do dia a dia.

Como por exemplo, os apps de controle financeiro, o delivery, o fitness e  os marketplaces comerciais. Faz sentido ter um app que esteja presente no celular das pessoas.

Por outro lado, se a intenção da empresa é usar o app para divulgar conteúdo ou produtos. Infelizmente, o desenvolvimento entra na estatística de desinstalações ou esquecimento.

Para esses casos, é melhor utilizar as plataformas com um grande número de acessos, como: o Facebook, o Instagram, o Youtube, o Vimeo, o TikTok, as plataformas de podcasts ou os marketplaces comerciais.

Além disso, considerar o potencial de recorrência que usa do softwares, também é importante. 

Por isso, a primeira pergunta é: qual o meu objetivo com um app para a minha empresa? E, a partir daí, traçar a melhor estratégia de acordo com as particularidades de cada área e canal.

 

Os segredos ao desenvolver Apps que façam sentido para o consumidor

Desenvolva apps que façam sentido para o consumidor, assim o seu o produto proporciona uma experiência agradável, fácil e sem problemas técnicos. Com certeza, as chances são boas.

Uma das regras é, se reinvente para as funções principais do app, mesmo que algumas inovações sejam lindas. Como também, simplifique para que o cliente entenda totalmente o produto.

Durante as etapas de criação de um aplicativo, é utilizar algumas técnicas que projetam a experiência do usuário. Assim, eliminando as barreiras que o usuário enfrenta para chegar ao que precisa.

Portanto, para se destacar é necessário que o seu aplicativo, ofereça uma experiência de qualidade e que construa uma relação de confiança em um curto espaço de tempo.

Concluindo, para que sua empresa conquiste novos consumidores, entre em contato com os consultores da Crosoften.

Preencha o formulário em nosso site ou envie um e-mail para: [email protected].